VERONIKA DECIDE MORRER

Author: Enelya /




Sinopse: A loucura é a incapacidade de comunicar-se. Entre a loucura e a normalidade, que no fundo são a mesma coisa, existe um estado intermediário: chama-se ser diferente. E as pessoas estavam cada vez com mais medo de ser diferentes. No Japão, depois de ter pensado muito sobre a estatística que acabara de ler, me veio a idéia de escrever um livro sobre a minha própria experiência. Escrevi 'Veronika Decide Morrer' na terceira pessoa, usando meu ego feminino, porque sabia que a minha experiência de internação não era o que interessava - mas sim os riscos de ser diferente, e o horror de ser igual". - Paulo Coelho.


Este livro foi um do melhores que li até hoje (Odiei o filme que em minha opinião não conseguiu passa a mensagem do livro).

Em vários momentos eu me identifiquei com a Veronika e imagino que a maioria das pessoas que leram também tiveram esta sensação. O livro me fez avaliar até onde podemos considerar alguns atos como loucura e que no fundo todos deveríamos viver como Veronika, pensando que todos os dias que abríssemos os olhos seria um milagre de termos mais um dia .

Uma das passagens que me chamou maior atenção é a hora que ela se masturba diante de Eduard que até o momento ela pensa ser um esquizofrênico. O autor faz isso parecer normal e não um ato que não condiz com as normas de ética da sociedade.

Este livro é um rio de pensamentos e emoções.

Recomendo!!!




1 comentários:

MARIANA disse...

ahuahuahu !!! concordo com muitas coisas em seu comentário sobre o livro ! também em certos momentos me identifiquei com veronika .. e as passagens que mais mexeram comigo e me fizeram realmente pensar foi a questão levantada pelo autor dessa necessidade que o ser humano tem de cer aceito.. e em diversos trechos é afirmado que a realidade,o real é deduzido através do que a maioria das pessoas acreditam ser o certo e o mais correto..me fazendo adquirir um novo ponto de vista ...

Postar um comentário